Histórias EnCantadas: unindo turismo e educação em uma proposta de educação social

Maria Amália Oliveira

Resumo


Este artigo tem como objetivo compartilhar os resultados de pesquisa inerentes aos temas Turismo e Educação. Neste sentido, apresenta o projeto de visitação Histórias EnCantadas que, elaborado em consonância com a perspectiva da Educação Social, buscou testar processos educativos mediados pelo deslocamento a locais de memória a fim de aferir a efetividade deste para educandos e educadores. A metodologia pautou-se em três etapas organizadas a partir de pesquisas bibliográficas, pesquisa de campo para a elaboração do circuito e observação participante, técnica utilizada durante os encontros nas escolas e acompanhamento das visitas. Os resultados parciais atestam que educandos e educadores se beneficiam deste tipo de atividade e, assim, consideramos reunir elementos para futuras reflexões acerca das possibilidades de promoção da cidadania através de projetos voltados para a Educação Social.


Palavras-chave


Educação, Educação Social, Turismo

Texto completo:

PDF

Referências


GADOTTI, M. Educação popular, educação social, educação comunitária: conceitos e práticas diversas, cimentadas por uma causa comum. Revista Diálogos, Brasília, v. 18, n. 2, p. 10-32, dez. 2012.

HALBWACHS, M. A memória coletiva. São Paulo, SP: Vértice, 1990.

LIMA, D. S. A formação cidadã: uma análise das contribuições da educação matemática em uma prática colaborativa. 2013. Dissertação (Mestrado em Educação) — Faculdade de Educação, Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2013.

OLIVEIRA, M. A. Turismo e patrimônio: elaborações simbólicas e memoriais no parque arqueológico e ambiental de São João Marcos (RJ). In: VIANNA, A. A.; GUARDIA, M. S.; BATISTA, S. G. (Orgs.). Turismo em perspectiva: ensaios multidisciplinares. Curitiba, PR: Prismas, 2016. p. 118-46

ROJEK, C.; URRY, J. Touring cultures: transformations of travel and theory. London: Routledge, 1997

ROSÁRIO, J. S. S. Patrimônio cultural imaterial: uma abordagem turística na Zona Portuária do Rio de Janeiro. 2016. Paginação. (Trabalho de Conclusão de Curso) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. 2016.

SAMPAIO, S. Estudar o turismo hoje: para uma revisão crítica dos estudos de turis¬mo. Etnográfica: Revista do Centro em Rede de Investigação em Antropologia, Lisboa, v. 17, n. 1, p. 167-82, fev. 2013. https://doi.org/10.4000/etnografica.2615

SANTOS L. S. A “desruralização” do Rio de Janeiro ao tempo de Pereira Passos. Revista Convergência Crítica, Rio de Janeiro, v. 3, n. 1, p. 80-102, jan./jun. 2014.

https://doi.org/10.22409/convergenciacritica2014.v3i1.a22094

SILVA, A. Relatos sobre o jongo: reflexões e episódios de um pesquisador negro. 2006. Dissertação (Mestrado em Antropologia) — Departamento de Antropologia, Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2006

TROTTA, F. O samba e suas fronteiras: pagode romântico e samba de raiz nos anos 1990. Rio de Janeiro, RJ: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2011.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v14i29.20950

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.