Entre defesas e críticas aos centros integrados de educação pública

Luiza Silva Moreira, Antonio Jorge Gonçalves Soares

Resumo


Este estudo tem como objetivo apresentar os grandes embates e os sujeitos sociais envolvidos durante a implantação dos centros integrados de educação pública (CIEPs) enquanto Leonel Brizola e Darcy Ribeiro estavam à frente do governo do estado do Rio de Janeiro (1983-1987/1991-1994) e por isso, nosso recorte estará limitado a apenas ao período do primeiro governo de Leonel Brizola. Utilizamos documentos coletados no acervo da Fundação Darcy Ribeiro que tratam de assuntos referentes ao Programa Especial de Educação, no qual os CIEPs estavam inseridos. Além disso, buscamos estabelecer um diálogo com autores que já se propuseram estudar sobre os CIEPs. Podemos observar que os argumentos de defesa e as críticas à política dos CIEPs assumiram linhas de sustentação e meios de publicação para estabelecidos nessa arena de debates.


Palavras-chave


CIEP; Governo Brizola; Programa Especial de Educação

Texto completo:

PDF

Referências


BOMENY, H. Salvar pela escola: programa especial de educação. In: FERREIRA, M. M. (Org.). A força do povo: Brizola e o Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ: Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, 2008. p. 95-127.

CAVALIERE, A. M. Memória das escolas de tempo integral do Rio de Janeiro (CIEPs): documentos e protagonistas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, 1, 2000, Rio de Janeiro. Anais. Belo Horizonte, MG: Sociedade Brasileira de História da Educação, 2000.

CAVALIERE, A. M.; COELHO, L. M. C. Para onde caminham os Cieps? Uma

análise após 15 anos. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 119, p. 147-74, 2003. https://doi.org/10.1590/S0100-15742003000200008

CAVALIERE, A. M. Tempo de escola e qualidade na educação pública. Educação & Sociedade, Campinas, v. 28, n. 100, p. 1015-35, out. 2007. https://doi.org/10.1590/S0101-73302007000300018

CHAGAS, M. A. M. Animação cultural: uma inovação pedagógica na escola pública fluminense dos anos 1980. 2012. Tese (Doutorado em Educação) — Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2012.

CUNHA, L. A. Educação, estado e democracia no Brasil. 6. ed. São Paulo, SP: Cortez; 2009.

EMERIQUE, R. B. Do salvacionismo à segregação: a experiências dos Centros Integrados de Educação Pública no Rio de Janeiro. 1997. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) — Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 1997.

FUCKS, M. Definição de agenda, debate público e problemas sociais: uma perspectiva argumentativa da dinâmica do conflito social. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 24, 2000, Petropólis. Anais… São Paulo, SP: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais, 2000.

LE GOFF, J. Prefácio. In: BLOCH, M. Apologia da história ou o ofício do historiador. Rio de Janeiro, RJ: Jorge Zahar, 2001. p. 15-34.

MATOS, S. M. Entrevista com Libânia Nacif Xavier: o I programa especial de educação (1983-1986). Revista Contemporânea de Educação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 21, p. 241-5, jan./jul. 2016. https://doi.org/10.20500/rce.v11i21.3141

MAURÍCIO, L. V. Literatura e representações da escola pública de horário integral. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 27, p. 40-56, set./out. 2004. https://doi.org/10.1590/S1413-24782004000300004

MIGNOT, A. C. CIEP: Centro integrado de educação pública-alternativa para a qualidade do ensino ou nova investida do populismo na educação? Em Aberto, Brasília, v. 8, n. 44, out./dez. 1989.

MIGNOT, A. V. Escolas na vitrine: centros integrados de educação pública (1983-1987). Estudos Avançados, São Paulo, v. 15, n. 42, p. 153-68, maio/ago. 2001.

MONTEIRO, A. M. Ciep: escola de formação de professores. Em Aberto, Brasília, v. 22, n. 80, p. 35-49, abr. 2009.

MORAES, F. C. G. A organização do tempo em escolas de jornada integral: um estudo nos Cieps da 8ª CRE Município do Rio de Janeiro. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2009.

PEREIRA, S. O. Do CIEP ao ensino superior: novas trajetórias escolares das camadas populares. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2008.

RIBEIRO, D. O livro dos CIEPs. Rio de Janeiro, RJ: Bloch, 1986.

SARMENTO, C. E. Entre o carisma e a rotina: as eleições de 1982 e o primeiro governo. In: FERREIRA, M. M. (Org.). A força do povo: Brizola e o Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ: Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, 2008, p. 43-67.

SILVA, B. R. Escola de tempo integral e comunidade: história do programa de animação cultural nos CIEPs. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2008.

SILVA, J. D. Uma experiência de formação de professores em serviço: curso de atualização de professores de escolas de horário integral. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2009.

SILVA, R. J. V. O teatro político-educacional fluminense: narrativas e testemunhos dos anos 1980 (1983-1987). 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2011.

SCHWARCZ, L. M. Apresentação à edição brasileira: por uma historiografia da reflexão. In: BLOCH, M. Apologia da história ou o ofício do historiador. Rio de Janeiro, RJ: Jorge Zahar, 2001. p. 7-12.

VEYNE, P. Como se escreve a história (1971) e Foucault revoluciona a história. Brasília, DF: Universidade de Brasília, 1978.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v14i30.21051

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.