Discursos do sujeito coletivo de professores sobre bullying

Ediane de Mattos Claro, Raquel Aparecida de Oliveira da Silva, Márcia Alves Simões Dantas, Janaína da Silva Gonçalves Fernandes

Resumo


O objetivo desta pesquisa foi identificar as percepções de professores do ensino fundamental sobre bullying. O método utilizado foi à abordagem qualitativa do tipo descritivo exploratório. Participaram dez professores do Ensino Fundamental de instituição de ensino pública localizada na região leste de São Paulo. Para coleta dos dados utilizou-se questionário estruturado com perguntas fechadas e abertas. Os dados foram analisados com o apoio da Técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados apontaram que estes professores atribuem as práticas de bullying à agressão, ao cyberbullying, a opressão como forma de poder e indicam a orientação como forma de respeito. Considerou-se que o bullying é uma prática de violência existente no ambiente escolar.


Palavras-chave


Conscientização. Relação aluno-colegas. Violência na escola.

Texto completo:

PDF

Referências


BAGGIO, L.; PALAZZO, L. S.; AERTS, D. R. G. C. Planejamento suicida entre adolescentes escolares: prevalência e fatores associados. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 25, n. 1, p. 142-150, jan. 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2009000100015.

BANDEIRA, C. M.; HUTZ, C. S. Bullying: prevalência, implicações e diferenças entre os gêneros. Revista Psicologia Escolar Educacional, Maringá, v. 16, n. 1, p. 35-44, jun. 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-85572012000100004.

CARPENTER, D.; FERGUNSON, C. J. Cuidado! Proteja seus filhos dos bullies. São Paulo: Butterfly Editora, 2011.

CARTH, J. L.. Bullying, racismo e preconceitos na escola: desafio da pedagogia contemporânea. São Paulo: Clube de Autores Editora, 2012.

CHALITA, G. Bullying: o sofrimento das vítimas e dos agressores. In: CHALITA, G. Pedagogia da Amizade. 4ª Edição. São Paulo: Editora Gente, 2008.

COELHO, M. T. B. F. Bullying escolar: revisão sistemática da literatura do período de 2009 a 2014. Revista psicopedagogia, São Paulo, v. 33, n. 102, p. 319-330, 2016. Disponível em: . Acesso em 10 jul. 2019.

ERIKSON, E. H.; ERIKSON, J. M. O ciclo da vida completo. [tradução Maria Adriana Veríssimo Veronese]. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

FANTE, C. Fenômeno Bullying: como prevenir a violência nas escolas e educar para a paz. 2º Edição. Campinas, SP: Verus, 2005.

FREIRE, P. Pedagogia Do Oprimido. 58º Edição. Rio de Janeiro: Paz &Terra, 2014.

GUILLAIN, C. Vencendo o bullying: problemas da vida real. 1°edição. São Paulo: Hedra Educação, 2012.

LEFÈVRE, F.; LEFÈVRE, A. M. C. Depoimentos e discursos: uma proposta de análise em pesquisa social. Brasília. Líber Livro: Editora, 2005.

LINS, M. J. S. C.; SOUZA, C. C. S. Avaliação do desenvolvimento da personalidade moral. Ensaio avaliação e políticas públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 26, n. 100, p. 1004-1020, jul. 2018. Disponível em http://dx.doi.org/10.1590/s0104-40362018002601402.

LOPES NETO, A. A. Bullying: comportamento agressivo entre estudantes. Jornal de Pediatria, (Rio J.), Porto Alegre, v. 81, n. 5, supl. p. s164-s172, Nov. 2005. http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572005000700006.

MALDONADO, M. T. Bullying e Cyberbullying: o que fazemos com o que fazem conosco. 1°edição. São Paulo: Editora Moderna, 2011.

MALTA, D. C. et al . Prevalência de bullying e fatores associados em escolares brasileiros, 2015. Ciência & saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 24, n. 4, p. 1359-1368, abr. 2019. http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232018244.15492017.

MOURA, R. R. B. S. O fenômeno bullying e suas consequências numa turma do 7°ano do ensino fundamental no município de vertentes-Pernambuco. Revista Lugares de Educação [RLE], Bananeiras/PB, v. 3, n. 5, p. 210-227, Jan.-Jun. 2013. Disponível em: . Acesso em 11 jul. 2019.

PIGOZI, P. L.; MACHADO, A. L. Bullying na adolescência: visão panorâmica no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 20, n. 11, p. 3509-3522, nov. 2015. http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320152011.05292014.

RISTUM, M. Bullying escolar. In: ASSIS, S. G.; CONSTANTINO, P.; AVANCI, J. Q., (orgs). Impactos da violência na escola: um diálogo com professores (pp. 95-119). Rio de Janeiro: Ministério da Educação/ Editora FIOCRUZ, 2010.

ROSA, M. J. A. Violência no ambiente escolar: refletindo sobre as consequências para o processo ensino aprendizagem. Revista Fórum Identidades, Ano IV, v. 08, n. 08, jul.–dez.2010. Disponível em: . Acesso em: 11 jul. 2019.

SILVA, A. B. Mentes perigosas: bullying. Rio de Janeiro: Editora objetiva, 2010.

SILVA, E. N.; ROSA, E. C. S. Professores sabem o que é bullying?: um tema para a formação docente. Psicologia Escolar e Educacional, Maringá, v. 17, n. 2, p. 329-338, dez. 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-85572013000200015.

TOGNETTA, L. R. P. A construção da solidariedade e a educação do sentimento na escola: uma proposta de trabalho com as virtudes numa visão construtivista. Campinas, SP: Mercado de Letras, Fapesp, 2005.

YAZAN, B.; VASCONCELOS, Tradução de I. C. O. Três abordagens do método de estudo de caso em educação: Yin, Merriam e Stake. Meta: Avaliação, v. 8, n. 22, p. 149-182, mai. 2016. http://dx.doi.org/10.22347/2175-2753v8i22.1038.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v14i31.26933

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.