Saberes experenciais e o ensino da Educação Física no Instituto Federal do Piauí

Ana Flávia Cardozo Vitório, Alvaro Rego Millen Neto

Resumo


O artigo busca identificar os saberes experienciais de professores de educação física e compreender os processos de construção e mobilização desses saberes na prática docente. Realizamos um estudo etnográfico com seis docentes do Instituto Federal do Piauí. Para tal, foram feitas 12 entrevistas e 98 observações. Os dados indicam que os saberes experienciais surgem como o núcleo de referência para as práticas adotadas pelos professores observados. Esses saberes se concentraram nas seguintes temáticas: avaliação, pedagogia do esporte, contextualização, atividades cognitivas, aspectos humanos e afetivos, planejamento participativo, gênero e sexualidade, música, repertório de atividades, tecnologias e aprendizagem com os pares.


Palavras-chave


Saberes experienciais; Educação Física; Instituto Federal do Piauí

Texto completo:

PDF

Referências


BOURDIEU, P. Esboço de uma teoria da prática. In: ORTIZ, R. (org.). Pierre Bourdieu: sociologia. São Paulo: Ática, 1983.

FRANCO, M. A. R. S. Prática pedagógica e docência: um olhar a partir da epistemologia do conceito. Rev. Bras. Estud. Pedag. (on-line), Brasília, v. 97, n. 247, p. 534-551, set./dez., 2016.

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. 3. ed. Ijuí, RS: Editora Unijuí, 2013.

MINAYO, M. C. S. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 28. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

MOLINA NETO, V. Etnografia: uma opção metodológica para alguns problemas de investigação no âmbito da Educação Física. In: MOLINA NETO, V; TRIVIÑOS, A. N. S. A Pesquisa qualitativa na educação física: alternativas metodológicas. Porto Alegre: Sulina, 2017.

NUNES, C. M. F. O saber da experiência de professores de series iniciais: condições de produção e formas de manifestação. 2004. 161 f. Tese (Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Departamento de Educação, Rio de Janeiro, 2004.

PERRENOUD, P. Práticas pedagógicas, profissão docente e formação: perspectivas sociológicas. Lisboa: D. Quixote, 1993.

PERRENOUD, P.; PAQUAY. L.; ALTET, M.; CHARLIER, E. Formando professores profissionais: Quais estratégias? Quais competências? 2 ed. rev. Porto Alegre: Artmed, 2001.

PIMENTA, S. G. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, Selma Garrido (org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez, 1999.

SANCHOTENE, M. U.; MOLINA NETO, V. Rotinas, estratégias e saberes de educação física: um estudo de caso etnográfico. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 27, n. 3, p. 447-457, set. 2013.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 17. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

TARDIF, M.; LESSARD, C.; LAHAYE, L. Os professores face ao saber. Teoria e Educação. Porto Alegre, n. 4, p. 215-233, 1991.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v16i35.43504

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.