Multiculturalismo e U-Learning: novas perspectivas para uma escola aberta

Antenor Rita Gomes, Josiane Bispo da Cruz Lima, Rodrigo dos Reis Nunes

Resumo


Este artigo propõe refletir como o multiculturalismo e a u-learning podem contribuir para a configuração de uma escola aberta, em que algumas questões como identidades e tecnologia digital móvel na era pós-colonial serão abordadas para instigar a necessidade de pensar em uma escola cada vez propícia para discutir e vivenciar a diversidade e desmistificar padrões educacionais hegemônicos e eurocêntricos. Para isso, utilizaremos a pesquisa bibliográfica que apresente teóricos que fundamentem a problemática em discussão, tais como Bruce (2009), Hall (2006), Lévy (1996), Santaella (2007), Woodward (2014), Moran (2013), dentre outros.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: