Deleuze: da inversão do platonismo às ilusões sobre a diferença

Rodrigo Guéron

Resumo


Este texto apresenta o que Gilles Deleuze definiu no Diferença e Repetição como sendo as “quatro ilusões da diferença”, que vêm a ser as quatro formas a partir das quais a diferença, tomada como uma força e uma intensidade, foi esvaziada e sujeitada em uma operação para reduzi-la ao mesmo. Mas antes de especificar cada uma dessas ilusões, tomamos aqui o caminho da “inversão do platonismo” proposta por Nietzsche no modo peculiar que ela é feita por Deleuze, isto é, com a ajuda do próprio Platão. Isso porque, é operando esta inversão que o filósofo francês vai encontrar nas profundezas dos corpos, do mundo sensível tal como o descreveu Platão, a própria diferença nela mesma: a diferença que não se deixa sujeitar a nenhuma identidade. Além disso, ao expor a sua compreensão da inversão do platonismo, Deleuze nos expõe também a sua singular leitura da Teoria das Ideias de Platão, que na história da filosofia teria exercido o papel de uma espécie de grau zero, de operação matriz, de sujeição da diferença à identidade.

Palavras-chave


Deleuze, Inversão do Platonismo, Ilusões da Diferença

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Oswald. “O manifesto antropofágico”, in: Do Pau-Brasil à Antropofagia e às Utopias”. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

DELEUZE, G. Diferença e Repetição. São Paulo: Paz e Terra, 2018.

___________. Nietzsche e a Filosofia. São Paulo: N-1 Edições, 2018

___________. Lógica do Sentido. São Paulo: Perspectiva, 1975.

DELEUZE, G. GUATTARI, F. Kafka. Por uma literatura menor. Belo Horizonte: Autêntica, 2014.

________________________. Mil Platôs. Capitalismo e Esquizofrenia. V2. São Paulo: Editora 34, 2002.

________________________. Mil Platôs. Capitalismo e Esquizofrenia. V5. São Paulo: Editora 34, 2002.

________________________. O que é a Filosofia? São Paulo: Editora 34, 1997.

MBEMBE, A. Necropolítica. Biopoder, Soberania, Estado de Exceção, Política de Morte. São Paulo: N-1 Edições, 2018.

NIETZSCHE, F. Além do Bem e do Mal. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

NIETZSCHE, F. Vontade de Poder. Rio de Janeiro: Contraponto, 2011.

PLATÃO. Hípias Maior. Belém: Editora da Universidade Federal do Pará, 1980.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Rodrigo Guéron