DIADORIM VOLUME 26-1 – DOSSIÊS de Língua e de Literatura

2024-01-22

Revista Diadorim: estudos linguísticos e literários 

2024,  Volume 26,  Número 1 : dossiês de língua e de literatura (temáticos)

  

Dossiê de Língua/Language Dossier :

Funcionalismo norte-americano e Gramática de Construções: diálogos em aberto

North American Functionalism and Construction Grammar: open dialogues

  

O dossiê de língua focaliza investigações assentadas no diálogo entre Linguística Funcional norte-americana e Gramática de Construções. Contempla questões relacionadas às bases do funcionalismo desenvolvido na costa oeste norte-americana, à Gramática de Construções e suas vertentes, à Linguística Funcional Centrada no Uso e suas interfaces. Nessa direção, são bem-vindos artigos que promovam a reflexão/discussão dos pressupostos dessas vertentes teóricas, de seus aspectos metodológicos, de pontos de convergência, da articulação com outros modelos teóricos baseados no uso, bem como a aplicação à descrição, à análise e ao ensino de línguas naturais.

 

Editores/Organizadores

Edvaldo Balduíno Bispo (UFRN/CNPq)

Fernando da Silva Cordeiro (UFERSA)

Maria Angélica Furtado da Cunha (UFRN/UFF/CNPq)

Renata Enghels (Ghent University, Bélgica)

 

 

The language collection focuses on research based on the dialog between North American Functional Linguistics and Construction Grammar. It covers issues related to the foundations of functionalism developed on the North American west coast, to Construction Grammar and its strands, and to Usage-Based Functional Linguistics and its interfaces. Therefore, we welcome articles that reflect on/discuss the assumptions of these theoretical strands, their methodological aspects, points of convergence, articulation with other theoretical models based on usage, as well as application to the description, analysis, and teaching of natural languages.

 

Editors

Edvaldo Balduíno Bispo (UFRN/CNPq)

Fernando da Silva Cordeiro (UFERSA)

Maria Angélica Furtado da Cunha (UFRN/UFF/CNPq)

Renata Enghels (Ghent University, Belgium)

 

---------------------------------------------

Revista Diadorim: estudos linguísticos e literários 

2024,  Volume 26,  Número 1 : dossiês de língua e de literatura (temáticos)

 

Dossiê de Literatura/Literature Dossier :

Pelas linhas do texto e do tecido: diálogos possíveis entre Literatura e Moda

Through the lines of the text and threads: possible dialogues between Literature and Fashion

 

Editoras/Organizadoras:

Anélia Montechiari Pietrani (UFRJ)

Carolina Quintella (UFRJ)

Maria Aparecida Fontes (UniPd)

Maria Lucia Guimarães de Faria (UFRJ)

Natalia Helena Wiechmann (IFSP/UFRJ)

 

No panorama dos estudos literários e interdisciplinares, a Moda ainda é campo com inexpressiva figuração. A escassez de pesquisas sobre o diálogo entre Literatura e Moda denota a perpetuidade da histórica atribuição de “insignificância” a essa outra área, sobretudo nos campos da intelectualidade e da produção acadêmica. Na contramão da desimportância dada a essa relação, a Literatura sempre se valeu da Moda para substanciar seus discursos e representações.

A comum etimologia latina entre texto e tecido sugere, de antemão, o parentesco original das duas áreas. Tecer e vestir, escrever e ler são, em si mesmos, atos de significação (BARTHES, 2005). Tanto a Literatura como a Moda operam narrativas por meio de sensações e sinestesias, desde a criação imagética até sentidos outros, como o tato e o aroma. No tecido e no texto literário, tudo se projeta como significação; ambos codificam questões culturais, históricas e implicam valores sociais.

Por isso, no dossiê Pelas linhas do texto e do tecido: diálogos possíveis entre Literatura e Moda, interessam-nos trabalhos que contemplem o diálogo entre moda e literatura e o “ponto cruz” da interpenetração das duas áreas, nos casos em que elas são indissociáveis e não há prioridade para uma ou para outra. Propomos agrupar estudos que analisem a produção de metalinguagem literária, ou metáfora da tessitura verbivocovisual, a partir da relação têxtil-texto; também os casos em que o léxico de Moda e seu campo semântico são aproveitados como estratégia de criação literária dos discursos poéticos e narrativos para tratar aspectos sociais, filosóficos, linguísticos etc.

Como o interesse na produção de literaturas que dialoguem com a Moda não se restringe a um gênero literário específico ou a um período histórico delimitado, o dossiê acolherá pesquisas que abordem o entretecer da moda e da literatura tanto em textos poéticos quanto em prosa, de distintas nacionalidades, épocas e temáticas, ampliando o panorama de diálogos possíveis e dando visibilidade a essas pesquisas. Por fim, propondo a abertura para a discussão do tema ao promover sua reflexão e a reunião de diferentes abordagens e pesquisas, o dossiê busca apresentar um cenário do liame continuado das áreas, a atravessar séculos numa parceria fértil que, uma vez despertada, não cessará de surpreender leitores e leitoras nas variadas reconfigurações e manifestações literárias.

 

 

In the literary and interdisciplinary studies overview, fashion is still a field of irrelevant expression. The lack of researches on Literature and Fashion shows the perpetuity of the historical prerogative of fashion studies as less important, especially in the intellectual field and academic production. Against this perspective, Literature has always drawn upon Fashion in order to substantiate its discourse and its representations.  

The common Latin etymology between text and textiles anticipates the original relation between the areas of Fashion and Literature. To weave and to dress are themselves acts of meaning (BARTHES, 2005). Literature as well as Fashion operate narratives through sensations and synesthesia, from the imagetic creation up to other senses such as touch and scent. On the textile and in the literary text, everything is projected as meaning; both encode cultural and historical issues and both imply social values.

For these reasons, the dossier Through the lines of the text and threads: possible dialogues between Literature and Fashion is interested in articles that consider the dialogue between fashion and literature and the “cross-stitch” of interpenetrating both areas of studies, mainly when they are inseparable and when priority is not given to one or the other. We propose to group studies that analyze the production of literary metalanguage or metaphors of the verbal, vocal and visual fabric considering the relation textile-text; we are also interested in the lexicon of fashion and its semantic field used as strategy of literary creation for the poetic and narrative speeches dealing with social, philosophical and linguistic aspects, among others.

Since the interest in literature production that dialogues with Fashion is not restricted to a specific literary genre or to a limited historical period, this dossier welcomes researches that concern the intertwine of fashion and literature in poetic texts as well as in prose fiction from different nationalities, times and themes so that we may broaden the possible dialogues and increase the visibility of these researches. Finally, by opening this discussion and encouraging the reflection on different approaches and researches, the dossier seeks to present a scenario of the connections between the areas of Fashion and Literature, connections that have been very productive for centuries and will not cease to surprise readers with diverse literary reconfigurations and manifestations.

 

Editors

Anélia Montechiari Pietrani (UFRJ)

Carolina Quintella (UFRJ)

Maria Aparecida Fontes (UniPd)

Maria Lucia Guimarães de Faria (UFRJ)

Natalia Helena Wiechmann (IFSP/UFRJ)

 

En el panorama de los estudios literarios e interdisciplinares, la Moda es un campo poco examinado, al cual se confiere una aparición limitada. La escasez de investigaciones acerca del diálogo entre Literatura y Moda denota la perpetuidad de la histórica atribución de “insignificancia” a la Moda, sobre todo en los ámbitos de la intelectualidad y de la producción académica. En contramano de la irrelevancia a la cual es relegada la relación entre las dos áreas, la Literatura siempre se alió con la Moda para sustanciar sus discursos y representaciones.

La común etimología latina entre “texto” y “tejido” sugiere de antemano la conexión original de las dos áreas. Tejer y vestir, escribir y leer son, en sí mismos, actos de significación (BARTHES, 2005). Tanto la Literatura como la Moda operan narrativas por medio de sensaciones y sinestesias, desde la creación de imágenes hacia otros sentidos, como el tacto y el aroma. En el tejido y en el texto literario todo se proyecta como significación; ambos remiten o codifican cuestiones culturales, históricas e implican valores sociales.

Por ende, en el dossier Por las líneas del texto y del tejido: diálogos posibles entre Literatura y Moda, nos interesan los trabajos que contemplen el diálogo entre Moda y Literatura y el “punto de cruz” de la interpenetración de las dos áreas, en los casos en que ellas son indisociables y no hay prioridad para una o para otra. Proponemos agrupar estudios que investiguen la producción de metalenguaje literaria, o metáfora de la tesitura verbivocovisual, partiendo de la relación textil-texto; también los casos en los que el léxico de la Moda y su campo semántico son empleados como estrategia de creación literaria de los discursos poéticos y narrativos para tratar aspectos sociales, filosóficos, lingüísticos etc.

Como el interés en la producción de literaturas que dialoguen con la Moda no se restringe a un género literario específico o a un período histórico delimitado, el expediente acogerá investigaciones que analicen el entretejer de la Moda y de la Literatura tanto en textos poéticos como en prosa, de distintas nacionalidades, épocas y temáticas, ampliando el panorama de los diálogos posibles y otorgando visibilidad a los estudios y a quienes hacen las investigaciones. Por fin, proponiendo la abertura para la discusión del tema al promover su reflexión y la reunión de distintos enfoques e investigaciones, el expediente busca presentar un escenario del “lazo continuado” de las áreas, en una asociación próspera y antigua que, una vez suscitada, no cesará de sorprender a los lectores y lectoras en variadas reconfiguraciones y manifestaciones literarias.

 

 

Nel panorama degli studi letterari e interdisciplinari, la moda è ancora un campo con figurazione inespressiva. La scarsità di ricerche sul dialogo tra Letteratura e Moda denota la perpetuità dell'attribuzione storica di "insignificanza" a quest'altro ambito, soprattutto nei campi dell'intellettualità e della produzione accademica. Contrariamente alla scarsa importanza data a questa relazione, la letteratura ha sempre usato la moda per sostanziare i suoi discorsi e rappresentazioni.

La comune etimologia latina tra testo e tessuto suggerisce, a priori, la parentela originaria delle due aree. Tessere e vestire, scrivere e leggere sono, di per sé, atti di significazione (BARTHES, 2005). Sia la letteratura che la moda operano narrazioni attraverso sensazioni e sinestesie, dalla creazione di immagini ad altri sensi, come il tatto e l'aroma. Nel tessuto e nel testo letterario, tutto è proiettato come significazione; Entrambi codificano questioni culturali, storiche e implicano valori sociali.

Pertanto, nel dossier Attraverso lerighe del testo e del tessuto: possibili dialoghi tra Letteratura e Moda, ci interessano opere che contemplino il dialogo tra moda e letteratura e il "punto d'incrocio" della compenetrazione dei due ambiti, nei casi in cui sono inscindibili e non c'è priorità per l'uno o per l'altro.Ci proponiamo studi di gruppo che analizzino la produzione del metalinguaggio letterario, o metafora della tessitura verbale, sonora e visiva, basata sul rapporto tessuto-testo; anche i casi in cui il lessico della Moda e il suo campo semantico sono utilizzati come strategia di creazione letteraria di discorsi poetici e narrativi per trattare aspetti sociali, filosofici, linguistici ecc.

Poiché l'interesse per la produzione di letterature che dialogano con la Moda non si limita a uno specifico genere letterario o ad un periodo storico delimitato, il dossier accoglierà ricerche che affrontino l'intreccio tra moda e letteratura sia in testi poetici che in prosa, di diverse nazionalità, tempi e temi, ampliando il panorama dei dialoghi possibili e offrendo visibilità a queste ricerche.Infine, proponendo l'apertura alla discussione del tema promuovendone la riflessione e l'incontro di approcci e ricerche diverse, il dossier cerca di presentare uno scenario di continuo legame delle aree, attraversando i secoli in un sodalizio fertile che, una volta risvegliato, non cesserà di sorprendere i lettori e le lettrici nelle varie riconfigurazioni e manifestazioni letterarie.