Resenha Bibliográfica do livro "Quando ninguém educa"

Ceres Karam Brum

Resumo


Vivemos momentos cruciais no cenário da educação nacional. A recente publicação do livro "Quando ninguém educa" se configura em uma contribuição valiosa para se debater sobre esta crise. Trata-se de um trabalho instigante que começa a chamar a atenção pela provocação anunciada no próprio título. A célebre frase de Paulo Freire (quando ninguém educa) extraída da Pedagogia do Oprimido é o mote do diálogo a partir do qual o autor Ronai Pires da Rocha tece, uma rica teia de significados, que nos leva a percorrer a história da educação no Brasil nos últimos 40 anos.

Palavras-chave


currículo, aprendizagem, ensino médio, autoetnografia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v13i26.14419

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.