ACERCA DO PAPEL DO CONHECIMENTO NAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO: INQUIRINDO INSTÂNCIAS E ACTORES DE MEDIAÇÃO

Luís Miguel Carvalho

Resumo


O artigo trata a tópica das relações entre conhecimento educacional e política educativa. Expondo algumas das linhas orientadoras de uma investigação em curso sobre o papel do conhecimento na construção e regulação das políticas de educação na Europa, o texto desenvolve, também, uma reflexão sobre o modo de conceber e de estudar actores e instâncias nas relações entre conhecimento e política. O autor sugere uma abordagem assente em três ideias: a de centrar os estudos em actores e instâncias que ocupem e exerçam uma agência mediadora no âmbito da regulação da educação; a de privilegiar a análise dos mecanismos de tradução através dos quais se estabelece a cooperação entre os mundos sociais e cognitivos da investigação e da política; e a de manter sob escrutínio os instrumentos que essa cooperação materializa e que participam nos processos de ordenação, coordenação e controlo das acções no campo educativo.

Texto completo:

PDF

Referências


AA.VV. (2006). The Role of Knowledge in the Construction and Regulation of Health and Education Policy in Europe: Convergences and specificities among nations and sectors -- KNOWandPOL, policop.

ALVES, Natália & CANÁRIO, Rui (2002). “The new magistracy of influence: changing governance of education in Portugal”, European Educational Research Journal, 1(1), pp. 656-66.

BARROSO, João (2003). “Regulação e desregulação das políticas educativas: tendências emergentes em estudos de educação comparada”. In: Barroso, J. (org.), A Escola Pública: Regulação, desregulação, privatização. Porto: Asa, 19-48.

BARROSO, João. (2006). “A Investigação sobre Política e Administração da Educação em Portugal: a institucionalização de um campo de estudo», conferência no XIV Colóquio da AFIRSE: Para um Balanço da Investigação em Educação de 1960 a 2005, Lisboa: FPCE-UL, policop. [aguarda publicação]

BARROSO, João; CARVALHO, Luís Miguel; FONTOURA, Madalena & AFONSO, Natércio (2007). “As políticas educativas como objecto de estudo e de formação em Administração Educacional”. Sísifo, 4 (no prelo, Dezembro)

CALLON, Michel (1986). “Some elements of a sociology of translation”. In: Law, J. (ed.), Power, Action and Belief. London: Routledge & Kegan Paul, pp. 196-233.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v2i4.1524

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.