UMA INVESTIGAÇÃO MICROGENÉTICA SOBRE A INTERNALIZAÇÃO DE CONCEITOS DE BIOLOGIA POR ALUNOS DE ENSINO MÉDIO

Valter Carabetta Júnior

Resumo


Este artigo é parte de uma investigação cognitiva realizada para avaliar a internalização do conceito de DNA por seis alunos da terceira série do Ensino Médio, considerados como os que mais se destacavam pelo interesse nas aulas. Inicialmente, os alunos responderam, por escrito, um questionário para que pudéssemos avaliar o conceito de DNA internalizado; a seguir, realizamos gravações em áudio das interações dialógicas entre pesquisador/alunos durante as entrevistas individuais. Os resultados escritos da pós-entrevista evidenciaram diferenças significativas em relação ao questionário anterior às entrevistas, demonstrando reorganizações conceituais e respostas mais elaboradas, resultantes da atividade metacognitiva proporcionada pela dinâmica interativa.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, A. J. A revisão da bibliografia em teses e dissertações: meus tipos inesquecíveis. In: Cadernos de Pesquisa. São Paulo, nº 81,pp. 53-60, 1992.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec, 1998.

BRUNES, J. Vygotsky: a historical and conceptual perspective. In: WERTSCH, J. Culture, communication and gognition: Vygotskian Perspectives. Cambridge: Cambridge University Press, 1985.

CARABETTA-JÚNIOR, V. A internalização de conceitos de Biologia por alunos de Ensino Médio: um estudo microgenético. Tese de Doutorado -- Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP), São Paulo: 2003.

COLL, C e SOLÉ, I. A Interação professor/aluno no processo de ensino e aprendizagem. In: COLL, C et al. Desenvolvimento psicológico e educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v5i10.1619

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.