Iniciação à docência em Educação Física: experiências formativas pelo Pibid

Tatiana Moraes Queiroz de Melo, Fernanda Bindaco da Silva Astori, Silvana Ventorim

Resumo


Objetiva compreender como o coordenador, os supervisores e os bolsistas percebem os processos de iniciação à docência na formação inicial de professores de Educação Física, mediados pelo Pibid – UEFS. Discutimos com Antonio Nóvoa, Marcelo Garcia e Vicente Molina Neto sobre formação e início da docência. Buscamos em Walter Benjamin e Jorge Larrosa ancoragens sobre o conceito de experiência e em Elizeu Clementino de Souza sobre a pesquisa narrativa, que tomamos com opção metodológica. Os resultados apontam que o Pibid possibilita a colaboração entre universidade e escola, expressa um processo de iniciação à docência como uma experiência formativa no desenvolvimento profissional docente na graduação, que enseja ser concebido como política nacional institucionalizada de iniciação à docência.


Palavras-chave


Iniciação à docência. Educação Física. Pibid.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRETO, Elba Siqueira de Sá. Políticas de formação docente para a educação básica no Brasil: embates contemporâneos. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 20, n. 62, p. 679-701, jul./set. 2015.

BARRETO, Elba Siqueira de Sá. Políticas e práticas de formação de professores da educação básica no Brasil: um panorama nacional. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Goiânia, v. 27, n. 1, p. 39-52, jan./abr. 2011.

BRASIL. Ministério de Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Portaria no 96, de 18 de julho de 2013. Aperfeiçoa e atualiza as normas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Brasília: CAPES, 2013. Disponível em: < https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/Portaria_096_18jul13_AprovaRegulamentoPIBID.pdf>. Acesso em 27/05/2019.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.

GARCIA, Carlos Marcelo. A identidade docente. Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação Docente. Belo Horizonte, v. 01, n. 01, p.109-131, ago/dez 2009b.

GARCIA, Carlos Marcelo. Desenvolvimento profissional docente: passado e futuro. Revista de Ciências da Educação. São Paulo, n. 08, p. 7-22, jan./abr. 2009a.

GARCIA, Carlos Marcelo. O professor iniciante, a prática pedagógica e o sentido da experiência. Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação Docente. Belo Horizonte, v. 02, n. 03, p.11-49, ago./dez. 2010.

GATTI, Bernardete A; BARRETO, Elba S. de S.; ANDRÉ, Marli E. D. A.. Políticas docentes no Brasil: um estado da arte. Brasília: Unesco, 2011.

GATTI, Bernardete A.; ANDRÉ, Marli E. D. A.; GIMENES, Nelson A. S.; FERRAGUT, Laurizete. Um estudo avaliativo do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid). São Paulo: FCC/SEP, 2014.

HUBERMAN, M. O ciclo de vida profissional de professores. In: Nóvoa, A. (Org.) Vida de professores. Porto Editora. 2000.

LARROSA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, n. 19, p. 20-28, jan./abr. 2002.

MOLINA NETO, Vicente. A cultura do professorado de educação física das escolas públicas de Porto Alegre. Movimento. Porto Alegre, v. 4, n. 7, p. 34-42, 1997a.

MOLINA NETO, Vicente. A formação profissional em Educação Física e Esportes. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Florianópolis, v. 19, n. 1, p. 34-41, set. 1997b.

NÓVOA, Antonio. Formação de Professores e Trabalho Pedagógico. Lisboa, Portugal: Educa, 2002.

NÓVOA, Antonio. Para uma formação de professores construída dentro da profissão. Revista de Educación, n. 350, p. 203-218, dez. 2009. Disponível em: < http://www.educacionyfp.gob.es/revista-de-educacion/dam/jcr:31ae829a-c8aa-48bd-9e13-32598dfe62d9/re35009por-pdf.pdf>. Acesso em: 17/11/2013.

PIMENTA, Selma Garrido. O estágio na formação de professores: unidade, teoria ou prática? São Paulo: Cortez, 1994.

SOUZA, Elizeu Clementino de. A arte de contar e trocar experiências: reflexões teórico- metodológicas sobre história de vida em formação. Revista Educação em Questão, Natal, v. 25, n. 11, p. 22-39, jan./abr. 2006.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Memórias e trajetórias de escolarização: abordagem experiencial e formação de professores para as séries iniciais do ensino fundamental. In: 27ª REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 2004. Disponível em: ˂ http://www.anped.org.br/reunioes/27/gt13/t133.pdf˃. Acesso em: 20 jun. 2014.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA. Subprojeto Educação Física Escolar: resignificando saberes e práticas. Feira de Santana, Departamento de Saúde, 2013.

VAILLANT, Denise; GARCIA, Carlos Marcelo. Ensinando a ensinar: As quatro etapas de uma aprendizagem. Curitiba: Editora UTFPR, 2012.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v15i32.25885

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.