CAPITAL CULTURAL FAMILIAR E (IN)SUCESSO ESCOLAR

Vergas Vitória Andrade Silva

Resumo


O artigo investiga as ligações entre práticas culturais familiares e desigualdades escolares. O objetivo é entender as razões do (in)sucesso escolar e suas relações com a distribuição desigual de capital cultural. A hipótese aferida supõe que o capital cultural das famílias e dos discentes do ensino médio da Escola de Aplicação/UFPA tem impacto decisivo nas chances de êxito escolar. A fim de analisar a herança cultural familiar, o estudo debruça-se sobre as características socioeconômicas e culturais dos estudantes. Recorre, ainda, à análise de boletins escolares. Segundo os resultados, os fatores que mais incidem no desempenho estudantil são provenientes do background familiar, em especial, a escolaridade da mãe.

 


Palavras-chave


Capital cultural. Desempenho estudantil. (In)sucesso escolar.

Texto completo:

PDF

Referências


BANAMINO, Alicia et al. Os efeitos das diferentes formas de capital no desempenho escolar: um estudo à luz de Bourdieu e de Coleman. Revista Brasileira de Educação. v. 15 n. 45 set./dez. 2010.

BARROS, Ricardo P. de; MENDONÇA, Rosane; SANTOS, Daniel D. dos; QUINTAES, Giovani. Determinantes do desempenho educacional no Brasil. Pesq. Plan. Econ., v. 31, n. 1, abr. 2001.

BOURDIEU, Pierre. Dominação masculina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2002.

_____________. Esboço de uma teoria da prática. In. ORTIZ, R. Pierre Bourdieu. São Paulo: Ática, 1983b.

_____________. Escritos de educação: Rio de Janeiro: Vozes, 2015b.

_____________. Meditações pascalianas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

_____________. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.

_____________. Questões de sociologia. Rio de Janeiro: Ed. Marco Zero Limitada, 1983a.

_____________. Razões práticas: sobre a teoria da ação. São Paulo: Papirus, 1996.

BOURDIEU, Pierre; PASSERON, Jean Claude. A reprodução: elementos para uma teoria do sistema de ensino. Rio de Janeiro: Vozes, 2009.

¬_____________. Os herdeiros: os estudantes e a cultura. Florianópolis: editora da UFSC, 2015a.

BOURDIEU, P.; CHAMBOREDON, J. C; PASSERON, J. C. A profissão do sociólogo: preliminares epistemológicas. Petrópolis: Vozes, 2010.

COLEMAN, J. S. et al. Equality of educational opportunity. Washington, DC: US Department of Health, Education & Welfare, 1966.

CRAHAY, Marcel; BAYE, Ariane. Existem escolas justas e eficazes? esboço de resposta baseado no PISA 2009. Cadernos de pesquisa v.43 n.150 p.858-883 set./dez. 2013.

CUNHA, Maria Amália de Almeida. O conceito “capital cultural” em Pierre Bourdieu e a herança etnográfica. PERSPECTIVA, Florianópolis, v. 25, n. 2, 503-524, jul./dez. 2007.

DAZZANI, Maria Virgínia; FARIA, Marcelo. Família, escola e desempenho acadêmico. In. LORDÊLO, José Albertino Carvalho; DAZZANI, Maria Virgínia (org). Avaliação educacional: desatando e reatando nós. Salvador: EDUFBA, 2009.

DUBET, François; DURU-BELLAT, Marie; VÉRÉTOUT, Antoine. As desigualdades escolares antes e depois da escola: organização escolar e influência dos diplomas Sociologias, Porto Alegre, ano 14, no 29, jan./abr. 2012, p. 22-70.

DUBET, François. A escola e a exclusão. Cadernos de Pesquisa, n. 119, julho/ 2003.

_______________. As desigualdades multiplicadas. Revista Brasileira de Educação, n. 17, Maio/Jun/Jul/Ago 2001 Nº 17

_______________. O que é uma escola justa? Cadernos de Pesquisa, v. 34, n. 123, set./dez. 2004.

FERNANDES, L. M.; LEME, V. R.; ELIAS, L. S.; SOARES, A. B. Preditores do Desempenho Escolar ao final do Ensino Fundamental: Histórico de Reprovação, Habilidades Sociais e Apoio Social. Temas em Psicologia. Março 2018, Vol. 26, nº 1, 215-228.

LAHIRE, Bernard. Reprodução ou prolongamentos críticos? Educação & Sociedade, Campinas, n. 78, Abr. 2002.

_____________. Crenças coletivas e desigualdades culturais. Educ. Soc., Campinas, vol. 24, n. 84, p. 983-995, setembro 2003.

LOPES, Gabriel Barreto; MARIANO, André Luiz Sena. Pensando a educação escolar a partir de Williams e Bourdieu. Revista Contemporânea de Educação, v. 13, n. 27, maio/ago. 2018.

LORDÊLO, José Albertino Carvalho; DAZZANI, Maria Virgínia (org). Avaliação educacional: desatando e reatando nós. Salvador: EDUFBA, 2009.

MASSON, Philippe. Retorno sobre Os herdeiros de Pierre Bourdieu e Jean-Claude Passeron. Revista Linhas. Florianópolis, v. 15, n. 29, p. 92-111, jul./dez. 2014.

NOGUEIRA, Cláudio M. Martins; NOGUEIRA, Maria Alice. A sociologia da educação de Pierre Bourdieu: limites e contribuições. Edtucação & Sociedade, Campinas, n. 78, p. 15-36, abr. 2002.

PALERMO, Gabrielle A.; SILVA, Denise Britz do N.; NOVELLINO, Maria Salet F. Fatores associados ao desempenho escolar: uma análise da proficiência em matemática dos alunos do 5º ano do ensino fundamental da rede municipal do Rio de Janeiro. R. bras. Est. Pop., Rio de Janeiro, v. 31, n.2, p. 367-394, jul./dez. 2014.

PERRENOUD, Philippe. Sucesso na escola: só o currículo, nada mais que o currículo! Cadernos de pesquisa, n. 119, julho/ 2003.

RIANI, Juliana de L Ruas; RIOS-NETO, Eduardo Luiz Gonçalves. Background familiar versus perfil escolar do município: qual possui maior impacto no resultado educacional dos alunos brasileiros? R. bras. Est. Pop., São Paulo, v. 25, n. 2, p. 251-269, jul./dez. 2008.

SETTON, Maria da Graça Jacintho. Um novo capital cultural: pré-disposições e disposições à cultura informal nos segmentos com baixa escolaridade. Revista Educação e Sociedade, Campinas, v. 26, n. 90, p.77-105, jan./abr. 2005.

SOARES, J. F.; COLLARES, A. C. M. Recursos Familiares e o Desempenho Cognitivo dos Alunos do Ensino Básico Brasileiro. DADOS – Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, Vol. 49, no 3, 2006, pp. 615 a 481

VALLE, Ivone Ribeiro. O lugar da educação (escolar) na sociologia de Pierre Bourdieu. Rev. Diálogo Educ., Curitiba, v. 13, n. 38, p. 411-437, jan./abr. 2013.

VALLE, Ivone Ribeiro. Por que ler Os herdeiros meio século depois? In. Os herdeiros: os estudantes e a cultura. Florianópolis: editora da UFSC, 2015.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v15i34.37003

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.