Graduação em serviço: Terapia Ocupacional na atenção primaria à saúde/ Graduation in service: Occupational Therapy in primary health care

Manuela Martins Da silva, Maria Gisele Cavalcanti de Oliveira, Aline Maria Gomes dos Santos, Maria Soraida Silva Cruz, Ilka Veras Falcão, Cinthia Kalyne de Almeida Alves

Resumo


Contextualização: Trata-se de um relato de experiência de estudantes de Terapia Ocupacional na Atenção Primária à Saúde (APS), com acompanhamento docente e da equipe multiprofissional do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (Nasf-AB). Processo de intervenção: As atividades foram direcionadas pelas ferramentas e atividades estruturantes do Nasf-AB. Análise crítica da prática: Experimentar a rotina do serviço e equipe permitiu que as estudantes aplicassem os conteúdos teóricos na prática e dimensionassem a multiplicidade de situações reais na APS. Síntese de considerações: Compreende-se que a Terapia Ocupacional nesse campo trabalha potencialidades do usuário para uma vida participativa, contribuindo também para que as estudantes vivenciem a especificidade profissional durante a formação.

Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde. Saúde Coletiva. Terapia Ocupacional.

 

Abstract

Contextualization: This is an experience report of occupational therapy students in primary health care (PHC), with teacher and multidisciplinary team follow-up of the Expanded Family Health and Primary Care Center (NASF-AB). Intervention process: The activities were directed by nasf-AB's tools and structuring activities. Critical analysis of the practice: Experiencing the routine of the service and team allowed the students to apply the theoretical contents in practice and dimension the multiplicity of real situations in PHC. Synthesis of considerations:  It is understood that Occupational Therapy in this field works the user's potential for a participatory life, also contributing to the students experiencing professional specificity during training.

Keywords: Primary Health Care. Public Health. Occupational Therapy.

 

 

Resumen

Contextualización: Este es un informe de experiencia de los estudiantes de terapia ocupacional en la atención primaria de salud (PHC), con el seguimiento del maestro y del equipo multidisciplinario del Centro ampliado de salud familiar y atención primaria (NASF-AB). Proceso de intervención: Las actividades fueron dirigidas por las herramientas y actividades de estructuración de nasf-AB. Análisis crítico de la práctica: Experimentar la rutina del servicio y el equipo permitió a los estudiantes aplicar los contenidos teóricos en la práctica y dimensionar la multiplicidad de situaciones reales en LA PHC. Síntesis de consideraciones: Se entiende que la Terapia Ocupacional en este campo trabaja el potencial del usuario para una vida participativa, contribuyendo también a que los estudiantes experimenten especificidad profesional durante la formación.

Palabras clave: Atención Primaria de Salud. Salud Pública. Terapia Ocupacional.

 

 


Palavras-chave


Atenção Primária à Saúde. Saúde Coletiva. Terapia Ocupacional

Texto completo:

PDF

Referências


Botti, S. H. O., Rego, S. (2008). Preceptor, supervisor, tutor e mentor: quais são seus papéis? Revista Brasileira de Educação Médica, 32(3), 363-373. https://doi.org/10.1590/S0100-55022008000300011

Brasil. (1990). Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990. Lei Orgânica da Saúde. Brasília, DF. Acesso em 2020 jul. 10. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1990/lei-8080-19-setembro-1990-365093-publicacaooriginal-1-pl.html

Brasil. (2014). Cadernos de Atenção Básica, n. 39. Brasília: Ministério da Saúde. 116 p. Acesso em 2020 jul. 10. Disponível em:https://central3.to.gov.br/arquivo/404122/

Brasil. (2010). Diretrizes do NASF: Núcleo de Apoio a Saúde da Família. Brasília: Ministério da Saúde. 153p. Acesso em 2020 jul. 10]. Disponível em:http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_do_nasf_nucleo.pdf

Cardoso, R. R., Brito, D. M., Soares, C. M. A., Souza, S. M., Mendes, P. H. C. (2016). Promovendo educação em saúde na sala de espera das unidades de saúde: relato de experiência. Revista Norte Mineira de Enfermagem, 5(1), 97-104.

Cruz, D. M. C., & Toyoda, C. Y. (2009). Terapia Ocupacional no tratamento do AVC. ComCiência, (109), 0-0.

Freire P. (1978). Justificativa da pedagogia do oprimido In: Freire P. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Gomes, J. A., Brito, C. M. D. (2013). Apoio matricial e Terapia Ocupacional: uma experiência de abordagem na saúde da criança. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo. 24(1), 81-86. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v24i1p81-86

Felicidade, P. J., Martins, L. C. N., Campai, A. L. M., Rezende, M. P., Farinelli, M. R. (2019). Intervenção multiprofissional na sala de espera do HiperDia: relato de experiência. Revista Família, Ciclos de Vida e Saúde no Contexto Social, 7(4), 528-535. Intervenção multiprofissional na sala de espera do HiperDia: relato de experiência

Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF. (2017). Ações e Programas. Acesso em 2020 jul. 10. Disponível em:https: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prt2436_22_09_2017.html

Peduzzi, M., Agreli, H. F. (2018). Trabalho em equipe e prática colaborativa na Atenção Primária à Saúde. Interface, Comunicação e Saúde, 22(2), 1525-1534. https://doi.org/10.1590/1807-57622017.0827

Reis, F., Gomes, M. L., Aoki, M. (2012). Terapia Ocupacional na Atenção Primária à Saúde: reflexões sobre as populações atendidas. Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar, 20(3), 341-350.

Reis, J. G., Harzheim, E., Nachif, M. C. A., Freitas, J. C., D’ávila, O., Hauser, L., Martins, C., Pedebos, L. A., Pinto, L. F. (2019). Criação da Secretaria de Atenção Primária à Saúde e suas implicações para o SUS. Ciênc. Saúde coletiva, 24(9), 3457-3462. https://doi.org/10.1590/1413-81232018249.18612019

Serpa, E. A., Lima, A. C. D., Silva, A. C. D. (2018). Terapia Ocupacional e grupo hiperdia. Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar, 26(3), 680-691. https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoRE0784

Sundfeld, A. C. (2010). Clínica ampliada na atenção básica e processos de subjetivação: relato de uma experiência. Physis: Revista de Saúde Coletiva. 20:1079-1097.




DOI: https://doi.org/10.47222/2526-3544.rbto37911

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO



Indexado em:

   

           

   Resultado de imagem para REDIB