Italians Mad at Food: performatividade virtual em defesa da identidade cultural alimentar

Luiza Giordani

Resumo


Ao popularizar a informação mostrando as mais diferentes experiências culinárias na internet, as mídias sociais também tornaram conhecidos os modos de fazer de diferentes regiões. Em alguns casos, a divulgação destas práticas foi duramente criticada pelos indivíduos que se identificam com dada cultura. Um desses casos é daqueles que se identificam com a cultura alimentar italiana. Estas pessoas começaram a chamar a atenção nas redes sociais em função das críticas veementes à forma como a cozinha italiana é retratada pelos canais de culinária. Este trabalho tem por objetivo apresentar uma análise observacional qualitativa sob o ponto de vista antropológico, feita em postagens relacionadas à comida “típica” italiana apresentada nas páginas "Italians Mad at Food", “Buzzfeed Tasty” e “Tastemade” no Facebook e no Instagram, no período de dezembro de 2018 a janeiro de 2019. O objetivo de mostrar diferentes pessoas se unindo em torno do que consideram uma ofensiva reprodução da cozinha “típica” italiana é fazer uma discussão sobre a autenticidade, a legitimidade e o caráter identitário que a comida desempenha na sociedade.

Palavras-chave


Gastronomia; Mídias sociais; Canais de receita; Apropriação gastronômica; Cultura alimentar;

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Luiza Giordani

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.